Alice e Luiz - Revendedores ANEW
Pesquisa Avançada
Carrinho de compras
Itens 0
Total(R$) 0,00

 Home Categorias Contato Estilo de Vida Kushi Macro Bios Prebióticos Entrar Carrinho Pagar 

Categorias
Categorias 
Lista de Produtos 
Alimentação
Beleza Integral
Emma AZ-X
Kushi Macro Bios
Suplementos Nutricionais

Publicidade

Novidades
1. Sophia Collagène - 90 unidades de 8g cada
2. LINHAÇANEW 120 CAPS
3. CAMELLIA Sinensis Original 30 Sachês
4. ÓLEO DE CÔCO 60 CAPS
5. Floranew Detolia Premium - ACOMPANHA ÁGUA -
6. Suncogumelo 540 cápsulas
7. Suncogumelo 150 cápsulas
8. Sophia Collagène - 30 unidades de 8g cada
9. Floranew Detolia Premium
10. MARACANEW 250g

Mais Vendidos
1. FLORANEW - 90 saches
2. DIA CHLORELLA 300 G 1500 comp
3. SQUALENE 99 120 CAPS
4. DIA CHLORELLA 80 G 400 comp
5. DIA CHLORELLA 80 G 320 comp
6. DIA CHLORELLA 300 G 1200 comp
7. GELÉIA REAL ANB-48 100 G
8. GELEVIAMIN 150 CAPS
9. SQUALENE 99 480 CAPS
10. DHA 140 CAPS

Seu Endereço IP
Por segurança seu IP é registrado:  3.81.28.94


Publicidade:


Saúde: Dicas do Profissional - Alimentos frescos e naturais são a base da saúde - Anew

Saúde: Dicas do Profissional - Alimentos frescos e naturais são a base da saúde

Você Saudável
Dicas do Profissional
Alimentos frescos e naturais são a base da saúde
ingera alimentos frescos e naturais pois contêm muitas enzimas

Por trás das atividades vitais que mantêm a vida, estão as ações das enzimas.
Todas as atividades relacionadas à manutenção de nossas vidas como a respiração, a digestão dos alimentos, o transporte de nutrientes pelo organismo, a desintoxicação, a excreção e o suprimento de energia têm grande suporte das enzimas existentes no nosso organismo.
Enzimas são substâncias existentes em todos os seres vivos, tanto animais quanto vegetais, que agem como catalisadores das funções vitais e das reações químicas. Por isso, para não adoecer e ser sempre joviais, saudáveis e com beleza, precisamos nos suprir de enzimas e evitar a perda das enzimas que temos no nosso corpo.

O estômago e o intestino de uma pessoa saudável, têm coloração rósea.
Por que dizemos que as enzimas são o segredo da saúde? Essa idéia vem da comprovação feita por Dr. Hiromi Shinya, que avaliou clinicamente o estômago e o intestino de mais de 350 mil pessoas.
O estômago e o intestino de pessoas saudáveis física e psicologicamente, têm aspecto macio e coloração rósea. Por outro lado, as pessoas que têm algum tipo de problema relacionado à saúde, apresentam-nos duros e ondulados, com coloração mesclada entre o branco e o avermelhada e com divertículo que facilitam a deposição de fezes no seu interior.

É importante aumentar a quantidade de enzimas.
Ao examinar o histórico alimentar (hábitos alimentares e hábitos cotidianos) de mais de 50 mil pessoas, Dr. Shinya percebeu a importância do tipo de alimentação, a quantidade de alimento ingerido, a freqüência e o modo de se alimentar, pois esses são os fatores que determinam a saúde e a longevidade. Dr. Shinya notou que dentre essas pessoas, as que ingerem freqüentemente de alimentos frescos e naturais, portanto, que contêm muitas enzimas, possuem estômago e intestinos saudáveis. Por outro lado, aquelas que se alimentam à base de laticínios e carnes - ou seja, alimentos de origem animal - que ingerem bebidas alcoólicas, que fumam, que comem e bebem muito de uma vez e comem muitos alimentos que contêm aditivos químicos e que, além disso, levam uma vida com hábitos e ambientes estressantes, apresentam estômagos e intestinos não saudáveis. Isso ocorre devido a esse mau hábito dessas pessoas: a ingestão de alimentos com pouca quantidade de enzimas. A situação é agravada pelo fato de que tais hábitos “gastam” mais as reservas de enzimas que o corpo possui naturalmente.

Os alimentos frescos são ricos em enzimas.
Como conseguimos suprir o organismo de enzimas? Antes de mais nada, devemos comer alimentos naturais e frescos como verduras, frutas e sashimis (prato típico japonês) porque contêm grande quantidade de enzimas. Quando comemos esse tipo de alimento e queremos comer mais, é porque o corpo está pedindo a ingestão de mais alimentos que contenham muitas enzimas, que são indispensáveis para a manutenção da vida e não podem faltar. Os animais silvestres são um bom exemplo disso. Eles não comem alimentos cozidos, passados no fogo. E os carnívoros, ao caçar os herbívoros, mordem, em primeiro lugar a barriga onde há muitos órgãos, principalmente os intestinos. Isso ocorre porque eles buscam as enzimas que degradam os vegetais consumidos pelos herbívoros.
Pela mesma razão dos carnívoros, os esquimós, que vivem em regiões extremamente frias, ao caçarem as focas, comem primeiro seus órgãos.

O ideal é comer verduras cruas.
Nós devemos ter o cuidado especial de comer, todos os dias, verduras cruas que são ricas em enzimas. Como é muito difícil comê-las em grande quantidade, aconselho a ingestão de alguma fruta antes da refeição e de verduras cruas e frescas, durante. Tanto as frutas quanto as verduras devem ser livres da ação dos agrotóxicos.
Ainda que os alimentos tenham quantidades ideais de calorias, vitaminas, minerais, proteínas, lipídios e outros nutrientes, se tiverem deficiência em enzimas, não servem para manter o nosso organismo vivo. Mesmo aquelas pessoas que sofrem de obesidade, ao alimentarem-se de alimentos ricos em enzimas, conseguirão alcançar o peso ideal.

Água de boa qualidade ativa as enzimas que temos no nosso organismo.
A água tem importância vital para o nosso organismo, pois é ela a responsável pela circulação sanguínea e pela aceleração do metabolismo. Ela também é responsável pela excreção de substâncias nocivas e tóxicas do organismo, além de ativar as enzimas e as bactérias benéficas do intestino. Por isso, as pessoas que tomam pouca água têm mais facilidade de adoecer. A quantidade de água que perdemos durante um dia é de 2.500 ml. É claro que há alimentos que contêm água, mas apesar disso, é necessário tomar pelo menos 1.500 ml de água de boa qualidade todos os dias.

Grãos integrais são o segredo da força da vida.
O arroz branco é mais macio e mais doce que o grão integral; por isso apresenta maior palatabilidade e tem a preferência da maioria das pessoas. Mas na realidade, o arroz branco não tem a parte mais rica em nutrientes: o germe. Da mesma forma que a maçã, que ao ser descascada oxida e se torna amarronzada, o arroz branco também se oxida mais rapidamente que o arroz integral porque perdeu a sua casca. Além disso, se deixarmos o arroz integral na água e em temperatura ideal, dele nascerá um broto, ou seja, é um alimento vivo. Assim como o arroz integral e outros grãos, se deixarmos as sementes em um ambiente propício, delas surgirão os brotos, pois são ricas em enzimas.

Os alimentos fermentados tradicionais nos suprem de enzimas digestivas.
Os alimentos fermentados que os japoneses comem desde a antiguidade são ricos em enzimas. Com eles conseguimos nos suprir de enzimas digestivas e assim, economizamos as existentes no nosso organismo, o que evita, naturalmente, o seu desperdício. A quantidade de enzimas que o nosso organismo consegue produzir é predeterminada. Por isso não devemos desperdiçá-las e, para tanto, precisamos rever os nossos hábitos alimentares.

Quatro condições essenciais dos hábitos alimentares para não gastar as enzimas do corpo
1. Vegetais são a base da alimentação.
Nas verduras e frutas frescas existem muitas enzimas que influenciam diretamente a saúde humana; por isso é preferível ingerir esses alimentos e escolher os que são isentos de agrotóxicos e fertilizantes químicos.

2. Beber 1,5 litro de água de boa qualidade todos os dias.
Uma hora antes de cada refeição, devemos tomar de dois a três copos de água de boa qualidade. Se for fria – temperatura aproximada dos 20 graus –, faz aumentar a temperatura do corpo o que faz gastar calorias.

3. Comer preferencialmente grãos integrais.
Grãos beneficiados oxidam com mais rapidez e têm somente ¼ de nutrientes em comparação aos integrais. Além disso, as cascas contêm enzimas, vitaminas B e E, ferro, fibras e outros nutrientes importantes para o organismo.

4. Alimentos fermentados são ricos em enzimas.
Há países cuja população consome em grande quantidade alimentos fermentados que contêm muitos nutrientes e muitas enzimas. Esses povos têm alto índice de longevidade, o que é atribuído ao aproveitamento total das enzimas do organismo, que não são desperdiçadas. Exemplos desses alimentos: missô (pasta de soja), nattô (soja fermentada) e shoyu (molho de soja).

 
Fonte: Assessoria de imprensa

Anew - atitude funcional estilo natural

FLORANEW

Lembre-se de que as informações disponibilizadas, não têm o intuito de substituir a consulta
com o seu médico, muito menos devem ser utilizadas como fonte única de informações médicas.

Voltar


 
AHW - Access Home World